OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

Archive for the ‘* QUASE SEM COMENTÁRIOS’ Category

ASSIM ERA A VIDA NO TEMPO DO PAFISMO PSD-PP

Posted by * em 06/03/2017

Anúncios

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS | Leave a Comment »

A RUA DO CONSUMO CRUZA SEMPRE COM A AVENIDA DA PRODUÇÃO

Posted by qmiguel em 24/10/2012

       Chegado ao fim do meu trajecto nos transportes subo para respirar a manhã da cidade em ebulição. Uma esquina, ora outra, e deparo-me então com uma multidão ordeira disposta numa fila que se estendia por um quarteirão inteiro. Do outro lado da estrada um grupo diferente protestava contrastando com a ordem da fila disposta à sua frente. Como as minhas manhãs são de difícil acesso, sobretudo para o meu cérebro, procuro compreender calmamente o porquê de tamanha agitação. Facilmente num golpe de vista identifico um signo que me é familiar: Apple; faço mais um esforço e começo a notar na composição social dos indivíduos que compõem a fila: claramente abastados, jovens dinâmicos “futuros empreendedores” penso eu para mim mesmo porque as minhas manhãs são também o território preferido dos meus preconceitos. Entre os dinâmicos futuros jovens empreendedores consigo distinguir, a espaços, alguns sem-abrigo: uma especialidade que nos é oferecida pela burguesia parisiense. Trabalho então com três contradições ao mesmo tempo, demasiado para a minha mente ainda anestesiada. Começo a ouvir as reivindicações dos que, do outro lado, protestam, já circundados pela muy cortês Companhia Republicana de Segurança (CRS). A maioria dos que se encontram na fila procuram ignorar o protesto, alguns esboçam um insulto que não consigo perceber claramente.

           Chego-me então perto dos que compoêm a fila junto à porta, sobretudo porque me estão mais próximos mas também porque os simpáticos polícias tornam já mais dificil o contacto com os manifestantes. Entre muita roupa de marca e a vontade febril de surfar na crista da onda da sociedade de consumo (?) dizem-me não compreender o porquê da manifestação, nem de que se trata, nem porque estariam ali neste dia. Entretanto como vou acordando já consigo ouvir as renvindicações dos manifestantes e mais importante compreender o que reclamam: trabalho. São antigos empregados da Apple vítimas de uma qualquer “reestruturação” desse templo da inovação (?), afinal “re-inventar a nossa forma de viver” deve ter danos colaterais deste tipo. A fila dos consumidores libidinais essa continua serena, só não consigo perceber o porquê destes contarem entre as suas fileiras com um número considerável de sem-abrigo, desta vez não me vou contentar com uma evasiva e abordo um deles: diz-me que foram pagos para estarem ali, que estão apenas a guardar lugar para consumidores retardatários que asseguraram desta maneira um lugar na fila. “Quão mais libidinal pode ser o consumo?”, pergunto-me. Bem me parecia que o poder de compra dos sem-abrigos não ia a par com as ambições comerciais da Apple, afinal “reinventar a forma como vivemos” sim, tudo bem, mas não para todos. Enojado cruzo a estrada aproximo-me dos manifestantes, grito-lhes qualquer coisa que os encoraje e sigo porque já estou atrasado para outras lutas.

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, A quem a trabalha, entr.ARTE.nimentos | Com as etiquetas : , , , , , , , , | Leave a Comment »

PORTUGAL DOS PEQUENINOS

Posted by J. Vasco em 27/09/2012

«(…) a mim o que me preocupa é o título: “beauty of simplicity”. para mim, há uma ideologia pegada a esta palavra “simplicidade” que me dá a volta ao estômago. lá voltamos nós aos “pobres mas felizes”, os “orgulhosamente sós” deste governo que quer promover portugal como um país singelo, simples, pobrezito para os ricos virem cá jogar golfe (note-se a quantidade de vezes que o plano da bola de golfe aparece na imagem, mais do que outra qualquer referência). é isso: pobre, a beleza da simplicidade é esta, podemos continuar pobres, mas as paisagens são tão bonitas, não é? somos gente simples, gente calada, gente fodida, gente sem voz, gente com medo de existir mas que sorri a contemplar o douro ou o mar e, como os estrangeiros que tanto nos amam, devemos rejubilar-nos perante o facto de haver sempre sol e peixe grelhado e vinho barato. essas coisas simples que são o que é preciso para se viver uma vida simples e despreocupada e feliz, sem contas, sem casa para pagar, nem hipotecas, nem desemprego. e golfe, não se esqueçam, a simplicidade e a sua beleza estão naquele campo de golfe, bem aparado, bem regado, com a água que deixou de ser pública e que foi privatizada. golfe. golfe. golfe».

Com a devida vénia à Raquel Ribeiro. Tirado daqui.

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS | Leave a Comment »

NEM NÓS ESPERARÍAMOS OUTRA COISA

Posted by * em 21/09/2012

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Há quem confunda teatro com realidade, mas o “licenciado” vem colocar os pontos nos is:

“Miguel Relvas garante que ‘claro’ que confia em Paulo Portas”

In: http://visao.sapo.pt/

Comentários para quê?

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, PP | Leave a Comment »

DEVE SER ESTA A ESQUERDA LIVRE, NÃO?

Posted by qmiguel em 17/05/2012

Posto de comando do novo “movimento de libertação”

Militantes da “Esquerda Nacional” aguardando libertação, Técnica Mista, 2012.

Depois deste momento de variedades vou regressar à minha cela, enquanto não tiver tempo para ir beber café à Praça das Flores ou oportunidade para entregar em tributo um mandato de deputado europeu ao Cohn-Bendit tem de ser assim. Paciência…

Posted in "Efeito Soares", * QUASE SEM COMENTÁRIOS, humor | Leave a Comment »

LEMBRAI-VOS SEMPRE, Ó GENTES, DE QUEM É A FAMÍLIA DE RUI RIO

Posted by J. Vasco em 21/04/2012

 

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, FIGURAS, Onda Reaccionária | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

ESCROQUES, BANDALHOS, IGNÓBEIS, CANALHAS

Posted by J. Vasco em 17/04/2012

 

«Um grupo de músicos lançou, com o alto patrocínio de Cavaco Silva, o hino do Movimento Zero Desperdício. É um projecto que tem as medidas do Presidente da República e que se dedica a pedir a restaurantes, hotéis e supermercados – imagine-se – que dêem as sobras a quem precisa. Isto, que mais não é do que um hino à pobreza e que em momento algum questiona os responsáveis pela calamidade social em que vivemos, indigna qualquer pessoa de esquerda. Por isso, espero que os artistas que se deixaram vender à hipocrisia tenham os bolsos cheios. Todos temos de comer mas há quem prefira a dignidade ao dinheiro. Falo da Ana Bacalhau, Anabela, Anjos, António Pinto Basto, Adriana, Ana Sofia Varela, Armando Teixeira, Boss AC, Camané, Carlos Mendes, Chullage, Cristina Branco, Cuca Roseta, Fernando Cunha, Fernando Girão, Fernando Tordo, Gomo, Janita Salomé, João Pedro Pais, Jorge Palma, João Gil, Kátia Guerreiro, Lara Li, Lúcia Moniz, Luís Represas, Luísa Sobral, Manuel João Vieira, Mafalda Veiga, Miguel Gameiro, Miguel Pité, Nuno Norte, Olavo Bilac, Paula Teixeira, Paulo de Carvalho, Pedro Laginha, Pedro Puppe, Ricardo Quintas, Ricardo Ribeiro, Rita Guerra, Roberto Leal, Rui Veloso, Salvador Taborda, Sara Tavares, Sérgio Godinho, Susana Félix, Tiago Bettencourt, Tim, Tito Paris, Vitorino, Zé Manel».

Bruno Carvalho, via 5dias

PS: lembrança oportuníssima do António Vilarigues:

Ouçam esta música http://www.youtube.com/watch?v=ZHieMBabirY “Vamos brincar à caridadezinha” – José Barata Moura (gravação original de 1973) e vejam a diferença de forma e de conteúdo do artista. E na altura «cantigas» destas podiam dar direito a uns «safanões a tempo»…

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, FIGURAS | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

A BEM DA NAÇÃO

Posted by J. Vasco em 15/11/2011

“A promoção de Portugal através da imagem ou do som deve ser enquadrada numa visão de política externa e portanto sob quase que a orientação ou em contrato de programa com o Ministério dos Negócios Estrangeiros”, afirmou o economista João Duque, que defendeu mesmo que a informação veiculada pelo canal internacional deve ser “filtrada” e “trabalhada” para passar a mensagem de promoção do país. Um tratamento da informação que, acrescentou, “não deve ser questionado”. “A bem da Nação”, rematou.

via Público

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, FIGURAS | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

REVELADOR

Posted by J. Vasco em 15/10/2011

Há três dias, o advogado José Maria Martins (recuso-me a fazer ligações para o texto fascista que bolçou) escreveu estes mimos: «Os tipos do PCP são intoleráveis»,  «O PCP deveria ser ilegalizado porque é uma força de bloqueio, acéfala, irracional, golpista», «Ilegalizar o PCP seria higienizar Portugal».

No dia 9 de Setembro, António Ribeiro Ferreira (também me recuso a remeter o leitor para o texto) largou esta prosa: «Há uns anos, muitos, Maldonado Gonelha disse que era preciso partir a espinha aos sindicatos. Na altura discutia-se a unicidade sindical e a criação de uma central alternativa à Intersindical comunista. Hoje, em 2011, com o país numa emergência nacional é urgente não só repetir a frase como pô-la em prática».

O ambiente social contra-revolucionário em que vivemos enquadra na perfeição opinações como estas. Não admira, pois, que provocadores fascistas como Martins ou Ferreira escrevam o que escrevem. O que é mais revelador em termos políticos é vermos muito boa gente da auto-proclamada «esquerda democrática» ou dos sectores «autonomistas» a partilhar com eles a sanha fascista contra o PCP e a CGTP.

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS | Leave a Comment »

58 SEGUNDOS DE MISÉRIA

Posted by J. Vasco em 30/04/2011

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS | 1 Comment »

QUEM ORDENAVA, ORDENA!

Posted by * em 16/02/2011

O povo lutou. Os novos senhores tomaram conta da situação e agora já podem dizer, através do seu exército: recolham os vossos mortos e vão trabalhar para nós, como sempre. Já cumpriram o papel que vos estava destinado. Não se esqueçam de quem realmente continua a mandar.

“Egito: exército ordena saída de manifestantes da Praça Tahir”


http://www.sidneyrezende.com/noticia/121020+egito+exercito+ordena+saida+de+manifestantes+da+praca+tahir

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS | 2 Comments »

CAVACO, O CANDIDATO DO PS

Posted by J. Vasco em 30/01/2011

«Reunido em comissão nacional, o PS viu na vitória de Cavaco “a leitura de que há um forte sentimento de estabilidade política na sociedade portuguesa”, que é também um desejo de “estabilidade política ao nível do Governo”.».

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, Génio da banalidade, PS e PSD: partidos colaços | 1 Comment »

O HERÓI DO «SOCIALISMO DEMOCRÁTICO»

Posted by J. Vasco em 23/09/2010

«Não era uma desgraça que o FMI viesse a Portugal»

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, FIGURAS | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

ARRÁBIDA: QUEM TE VIU E QUEM TE VÊ…

Posted by J. Vasco em 07/09/2010

Veja-se aqui, nesta galeria de 18 fotografias, no que se tem vindo a tornar o que já foi este paraíso:

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, Arrábida | Leave a Comment »

LEITURA DE FÉRIAS PARA O PP E DEMAIS FASCISTAS

Posted by * em 23/08/2010

Apanharam cinco mil euros e devolveram

Um funcionário dos CTT do Porto foi assaltado à mão armada na sexta-feira quando fazia o percurso a pé entre o banco, onde levantara dinheiro, e a estação na zona da Corujeira, Campanhã. A vítima resistiu e na luta com um dos assaltantes “voaram” cerca de cinco mil euros que foram depois apanhados do chão e entregues às autoridades por clientes, a maioria beneficiários do rendimento social de inserção,que estavam à espera de levantar os vales.

Quase todos os clientes que recuperaram do chão quase cinco mil euros – do total de 40 mil que o funcionário transportaria – eram pessoas pobres à espera de receberem ali o vale mensal do RSI, entregando-os às funcionárias daquela estação dos CTT.

Fonte: http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1646001&seccao=Norte

Vejam bem: estas pessoas não estiveram envolvidas em negociatas em Universidades Modernas, não estiveram à frente de negócios obscuros relacionados com compra de submarinos, não roubaram milhares de documentos secretos ao Estado, não venderam patentes de milhões por tostões a friends americanos. Estas pessoas não batem no peito a gritar que são honestas, mas bem poderiam servir de exemplo aos criminosos fascistas que as atacam.

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, PP | Leave a Comment »

ASSOCIOU-SE À HOMENAGEM

Posted by J. Vasco em 12/04/2010

«O presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, homenageou dia 11 de Abril o marechal António Spínola. O sr. Spínola foi presidente do chamado Exército de Libertação de Portugal (ELP), organização terrorista criada pelo ex-pide Barbieri Cardoso, e do MDLP. Estas organizações praticaram numerosos crimes em 1975 e 1976, como o assassínio do padre Max, o ataque à Embaixada de Cuba, incêndios de sedes do PCP e actos bombistas. Associou-se à homenagem o presidente “socialista” da Câmara Municipal de Lisboa, que não teve pejo em dar o nome do referido indivíduo a uma avenida da cidade.».

 

Retirado de resistir.info

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS | 3 Comments »

PLANETA ÁGUA

Posted by * em 22/03/2010

Uma criança morre a cada 15 segundos

devido à falta de água potável e saneamento

Fonte: http://tv1.rtp.pt/noticias/?article=146449&visual=3&layout=10

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS | 1 Comment »

VENEZUELA

Posted by * em 20/03/2010

“A percentagem de pobres na Venezuela caiu para 23 por cento. Quando comparados os dados actuais com os últimos indicadores existentes antes do início do processo revolucionário bolivariano, conclui-se que, em 1996, a pobreza afectava cerca de 70 por cento da população e a pobreza extrema 40 por cento.”

(dados do Instituto Nacional de Estatística. As estatísticas estão conformes com os padrões da Comissão Económica para a América Latina e o Caribe e do Banco Mundial)

jornal “Avante!”, 11/03/2010

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, Venezuela | Leave a Comment »