OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

Archive for the ‘PP’ Category

A CULPA NÃO FOI SÓ DO OUTRO BANDIDO

Posted by * em 17/05/2013

“Lobo Xavier diz que PSD e CDS é que forçaram intervenção da troika

Ver: http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=3224973

CDS-PP, PSD, PS: todos partidos da direita, todos defensores dos exploradores, tudo isto a mais abjecta bandidagem político-social. Ainda há quem queira fazer crer que um é bandido e outro anjinho, outro quiçá arcanjo, mas nós sabemos que são todos o mesmo esterco. Só não vê que não quer… e esses que adoram não ver até chegam a provar das fezes, por gulodice. Uns decepcionam-se, outros habituam-se e já não querem outro manjar.

Posted in PP, PS e PSD: partidos colaços, PSDois | Leave a Comment »

NA TROMBA DOS BUFOS

Posted by J. Vasco em 13/10/2012

 

Posted in PP | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

DESCER OS SALÁRIOS – SEJA POR QUE VIA FOR

Posted by J. Vasco em 23/09/2012

Rui Baptista e seus muchachos começaram cedo o trabalho de sapa no interior das salas de São Bento: o protesto «dos portugueses» dirigir-se-ia afinal, única e exclusivamente, às alterações avançadas pelo governo à TSU. Mais nada. O primeiro-ministro, como não é «cego» nem «surdo», saberia por isso «calibrar» e «modelar» esta medida, senão mesmo abdicar dela, e o mundo poderia voltar, logo a seguir, a ser belo e límpido como dantes. Os sósias do Baptista nas televisões, nas rádios e nos jornais apressaram-se a replicar a converseta, e hoje a imprensa garante-nos a pés juntos que foi passada uma «certidão de óbito» às alterações na TSU.

As mentiras não acabam, é o que se conclui.

As medidas do governo em relação à TSU, diga-se preto no branco, não receberam «certidão de óbito» coisa nenhuma. Estão vivas e para durar – se nós não as derrotarmos. Elas vigorarão, imponentes e poderosas, nas «empresas que criem novos empregos», ou seja, os trabalhadores contratados para novos postos de trabalho, para além dos cortes nos salários e nos subsídios que vão sofrer, descontarão mais 7% para a segurança social. Na verdade, a mexida na TSU é um antiquíssimo sonho da burguesia, especialmente vindo ao de cima (com indisfarçada excitação) durante a última campanha eleitoral. Com efeito, o significado das recentes escaramuçazitas entre a burguesia exportadora e a burguesia mais dependente do mercado interno não pode ser nem exagerado, nem absolutizado. Elas são somente momentos de disputa inter-burguesa pela apropriação e pela distribuição da mais-valia produzida pelos trabalhadores. Não mais do que isso. Ao mesmo tempo, a mascarada serviu às mil maravilhas aos capitalistas para vituperar, mais uma vez, «os políticos», cavalgando a onda de protestos e criando a imagem de que também eles são atingidos pela política («incompetente») do governo. O estado como aparelho ao serviço de uma classe permanece assim, para a grande maioria, longe da vista.

Por outro lado, o governo não recuou um milímetro que fosse no seu objectivo principal: a descida dos salários, seja por que via for. É esse o grande alvo da burguesia e é nisso que estão apostadas as troikas – a caseira e a internacional. Depois de 30 anos de desindustrialização, o país não tem uma base produtiva onde se possam incorporar inovações tecnológicas. É neste quadro que a sucção de mais-valia é feita assentar na descida  dos salários dos trabalhadores, na retirada de direitos fundamentais e no aumento dos horários e do número de dias de trabalho. Resumindo: no aumento da exploração.

Só a luta dos trabalhadores poderá inverter o cenário que está montado. E ela vai crescer, intensificar-se e ganhar força. Até se tornar imparável. Até se tornar invencível.

Posted in PP, PP Coelho | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

NEM NÓS ESPERARÍAMOS OUTRA COISA

Posted by * em 21/09/2012

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Há quem confunda teatro com realidade, mas o “licenciado” vem colocar os pontos nos is:

“Miguel Relvas garante que ‘claro’ que confia em Paulo Portas”

In: http://visao.sapo.pt/

Comentários para quê?

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, PP | Leave a Comment »

ESSES BANDIDOS TERÃO DE SER JULGADOS!

Posted by * em 29/06/2012

“O défice orçamental no primeiro trimestre agravou-se para
7,9 por cento do PIB
ficando acima da meta de 4,5 por cento prevista para o final do ano e acima dos 7,5 por cento verificados em igual período de 2011″.

Fonte: http://www.dn.pt/politica/interior.aspx?content_id=2638646

Sim, os bandidos que estão a destruir o país terão de ser julgados!
O lugar deles, como diz o povo, é na prisão!

Posted in PP, PS e PSD: partidos colaços, PSDois | Leave a Comment »

38 ANOS DE SAUDADES

Posted by J. Vasco em 22/04/2012

O Paulinho das feiras já lá vai. Junto com o paleio demagógico da «lavoura» e dos «reformados», e com a boina de lavrador. Estão bem guardados (quem sabe se ao pé das 60 mil fotocópias do Ministério da Defesa…), prontos para usar quando voltar a ser tempo de compor a personagem e cheirar a poleiro outra vez.

No último ano, a pose tem sido outra: a do chamado «homem de estado», de cenho carregado, falando baixinho e exibindo «prudência», «recato» e «responsabilidade». A «carreira» do político assim o exige. Os pacóvios do comentário dominado (e dominante) assim lhe recomendam. Mas principalmente assim lhe dizem para fazer os seus mandantes: os empresários que procuram «investir» lá fora.

Nestes dias, veio ao de cima o mais íntimo de Paulo Portas. Marioneta dos grandes interesses espoliadores do continente africano, falou de alto aos guineenses e lançou-lhes ameaças de invasão a coberto da «comunidade internacional». Paulo Portas move-se no processo neocolonial em curso como peixe na água. Os 38 anos de saudades do Portugal fascista aguçam-lhe o esmero.

Posted in FIGURAS, Neocolonialismo, PP | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

A DIREITA ATÉ QUE SABE O QUE DEFENDE

Posted by * em 29/05/2011

O ladrão fascista do Partido do Peculato é de uma demagogia Goebbelsiana, estando disposto a dizer tudo e o seu contrário para melhor defender os exploradores. Agora diz-se “à esquerda” do PSDois. O interessante é ver como ele caracteriza o “ser de esquerda”: é, palavras do gatuno de extrema-direita, ter, em “questões sociais”, um compromisso «mais forte, mais vincado, mais focado, mais permanente». Ou seja, ser de direita é, como ele próprio reconhece, o oposto disso. Mais à esquerda, mais compromisso com as “questões sociais”, mais à direita menos compromisso com as “questões sociais”: assim reconhecem os senhores da extrema-direita portuguesa. Engraçados esses tipos. Pelos vistos, entendem melhor o que defendem do que a gente julga…

Posted in PP | Leave a Comment »

APOIOS DO PARTIDO DO PECULATO

Posted by * em 10/05/2011

Os meios de comunicação burgueses estão a apoiar e a apostar forte e feio no ladrão fascista e incansável defensor dos exploradores que dá pelo nome de Paulinho das feiras e tramóias, do caso Moderna, do Jaguar, dos submarinos, dos documentos roubados, líder do Partido do Peculato, etc. Apoiam-no e depois dizem que ele sobe nas sondagens. Mas claro, se está a ser empurrado para cima com todas as forças…

Obs: Alguns dos crimes de que se fala e que até aparecem referidos na Wikipédia:

Caso Moderna

 “Descobertas informações que Paulo Portas e a sua mãe, Helena Sacadura Cabral Portas, assim como outras personalidades, teriam recebido ofertas da cooperativa em causa, de forma a que esta ganhasse notoriedade e visibilidade nas altas esferas da sociedade. Um dos presentes alegadamente terá um sido uma viatura de luxo, da marca Jaguar. O “Caso Moderna”, assim como é conhecido, culminou na detenção de José Braga Gonçalves”

(…)

 “Sousa Lara ex-vice-reitor da Universidade Moderna e um dos arguidos no Caso Moderna, acusou Paulo Portas numa sessão de tribunal de estar implicado no caso. Sousa Lara disse que em relação a Paulo Portas, existia matéria com implicações a nível penal.”

(…)

 “Este caso também parece ter ligações com a alegada gestão danosa por parte de Paulo Portas, quando este geria a empresa de sondagens Amostra, quando uma alegada carta de José Braga Gonçalves veio a público.”

 Saída de Maria José Morgado da Direcção Central de Investigação da Corrupção e Criminalidade Financeira da Polícia Judiciária

“Numa comissão de inquérito, Maria José Morgado revelou que foi Adelino Salvado, o então director nacional da PJ, que lhe tinha dito que eram Celeste Cardona e Paulo Portas que teriam receio que ela continuasse a liderar o combate ao crime económico na PJ.”

 Fotocópias de segredos de Estado

 “Em 2007, o público em geral tomou conhecimento de que Paulo Portas, antes de deixar as funções de ministro da defesa e do estado, tinha fotocopiado 60 mil páginas, nas quais alegadamente estariam segredos de Estado, antes de abandonar as funções de ministro da defesa e do Estado.”

 Compra de submarinos

 “A compra de submarinos para a marinha portuguesa a uma empresa alemã, está envolta em polémica, uma vez que alegadamente faltam 34 milhões de euros e que, desses 34 milhões de euros, 1 milhão alegadamente foi parar a uma conta bancária ligada ao CDS-PP.”

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Paulo_Portas

Posted in PP | Leave a Comment »

A NÃO ESQUECER (II): AS GUERRAS COLONIAIS DA TROIKA PS/PSD/CDS

Posted by J. Vasco em 09/05/2011

A República Portuguesa, pela mão de PS, PSD e CDS, participa desde 1991 em guerras coloniais pelo mundo fora. Assim que o capital ocupa um país, destrói as suas infra-estruturas, arruína a sua economia, dizima a sua população, lá vai, em bicos de pés, a burguesia portuguesa tentar recolher as migalhas do banquete rapace encabeçado pelas suas congéneres alemã, estado-unidense, francesa e inglesa. Os seus três partidos históricos preparam o terreno para o efeito, ao mesmo tempo que encerram, no país, a metalomecânica pesada, os altos-fornos, a siderurgia, os estaleiros navais, o têxtil. Se a exportação de capitais é quase impossível para a burguesia portuguesa; se a exportação de mercadorias não é satisfatória – então há que participar nos lucros que as guerras coloniais geram.

No ano de 2011, a coberto do eufemismo «operações humanitárias e de apoio à paz», Portugal, como invasor colonial, está presente, entre outros países, no Iraque, no Afeganistão, nos Balcãs, na Somália, até na Líbia. É bom não esquecer. Portugal, como invasor colonial, participa na pilhagem, na destruição e na morte. Em nome do lucro e do capital. Pelas mãos cheias de sangue da troika PS/PSD/CDS, qual dos três o mais «democrático».

Posted in PP, PS e PSD: partidos colaços | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

DEPOIS DAS ELEIÇÕES

Posted by J. Vasco em 24/01/2011

 

A vitória de Cavaco vai favorecer o grande objectivo a curto prazo da burguesia portuguesa: um governo de coligação, «estável, forte e de consenso alargado», entre PS, PSD e CDS. Vai ser a comissão de serviço do FMI em Portugal (como, de resto, nunca deixou de ser, embora com outros arranjos).

Cá estaremos, para o que der e vier. Somos corredores de fundo, vimos do fundo do tempo e não abandonamos o nosso posto.  

A luta continua!

Posted in PP, PP Coelho, Presidenciais, PS e PSD: partidos colaços | Com as etiquetas : | 1 Comment »

LEITURA DE FÉRIAS PARA O PP E DEMAIS FASCISTAS

Posted by * em 23/08/2010

Apanharam cinco mil euros e devolveram

Um funcionário dos CTT do Porto foi assaltado à mão armada na sexta-feira quando fazia o percurso a pé entre o banco, onde levantara dinheiro, e a estação na zona da Corujeira, Campanhã. A vítima resistiu e na luta com um dos assaltantes “voaram” cerca de cinco mil euros que foram depois apanhados do chão e entregues às autoridades por clientes, a maioria beneficiários do rendimento social de inserção,que estavam à espera de levantar os vales.

Quase todos os clientes que recuperaram do chão quase cinco mil euros – do total de 40 mil que o funcionário transportaria – eram pessoas pobres à espera de receberem ali o vale mensal do RSI, entregando-os às funcionárias daquela estação dos CTT.

Fonte: http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1646001&seccao=Norte

Vejam bem: estas pessoas não estiveram envolvidas em negociatas em Universidades Modernas, não estiveram à frente de negócios obscuros relacionados com compra de submarinos, não roubaram milhares de documentos secretos ao Estado, não venderam patentes de milhões por tostões a friends americanos. Estas pessoas não batem no peito a gritar que são honestas, mas bem poderiam servir de exemplo aos criminosos fascistas que as atacam.

Posted in * QUASE SEM COMENTÁRIOS, PP | Leave a Comment »

«OS MEUS PAIS SÃO PESSOAS MUITO LIGADAS À ECONOMIA» OU: PORQUE É QUE NEM TODOS OS JOVENS PODEM SER O FUTURO DO NOSSO PAÍS

Posted by Patrícia B. em 19/07/2010

http://videos.sapo.pt/2jW7FEDCSGFD0g2Ms4ju

«Fui também de certa forma influenciada pela minha família…São pessoas muito ligadas…Os meus pais são empresários, são pessoas muito ligadas à economia…Então tendencialmente escolhi, por opção própria mas também pela minha formação, o CDS.”

«Ok, este sábado há uma tomada de posse em Vila Real, ‘tão lá os nossos amigos, que nós entretanto vamos conhecendo, e então vamos lá todos… em vez de estarmos na praia com as amigas ou no cinema com o namorado

«Os jovens vêm mesmo pela camisola; pelo punho forte que o CDS tem nas suas medidas

«Acho que as pessoas sabem que naturalmente o CDS não tem muito para dar

Ofereço-vos parte de uma entrevista concedida ao Sapo por Raquel Paredela, membro da Juventude Popular, na passada semana. Vejam o vídeo, vale a pena. Não é que a menina seja a representante mor dos valores do CDS-PP, porque ela ainda está no início de uma longa carreira; mas é precisamente aqui que reside o problema.

As transcrições são apenas as mais hilariantes e as que me provocaram o riso mais estridente.

Posted in PP | 1 Comment »

LUTA DE BEIJOS

Posted by * em 17/07/2010

Paulo Portas no debate do Estado da Nação: odeio tanto o governo PS, odeio tanto, mas tanto mesmo, que se eu pudesse (se ele me deixar)… dava-lhe beijinhos na boca!

Posted in PP | Leave a Comment »

AS PATÉTICAS PROPOSTAS DE UM PATETA ALGO POPULAR

Posted by * em 16/07/2010

1) A PP (patética proposta) do menino da extrema-direita, o tal que ultimamente olha com um ar embevecido e apaixonado para cada gesto e palavra demagógica de Pedro Mota Soares, dizíamos, a proposta do fascistazinho para um tango a três que o permita ter um controle directo do poder, não reflecte apenas o carreirismo deste ultra-defensor dos exploradores. Na verdade, a tal PP está directamente relacionada com o caso dos submarinos: o nada corrupto fascista procura agora uma imunidade maior do que a parlamentar, a imunidade do compadrio entre governantes.

2) A indignação dos meninos fascistas no que diz respeito à situação em que se descobre que pessoas presas por diversos crimes estavam a receber o “rendimento mínimo”, é um case study da demogogia nazi deste grupelho. Imaginemos as suas propostas levadas à prática: “_ vai-lhe ser retirado o rendimento social de inserção porque daqui a  cinco meses iremos descobrir que você, embora não o saibamos agora, se dedica ou dedicará, na verdade, a actividades criminosas”. Absurdo total! Nota-se que o grupelho, na verdade, não se preocupa minimamente com a criminalidade. Aliás, se se preocupasse, podia começar logo por comprar espelhos para identificar criminosos.

Mas em relação a todas estas patéticas e patetas propostas, a comprometida comunicação social não faz mais do que … elogiar e elogiar. Alguns jornalistas (outros não precisam disso) fazem mesmo um esforço de burrice para poderem não ver a patetice, a demagogia, o reaccionarismo. E têm conseguido resultados notáveis.

Posted in PP | Leave a Comment »