OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

Archive for the ‘Otto Preminger’ Category

CARMEN

Posted by J. Vasco em 26/02/2010

Prosper Mérimée escreveu o conto «Carmen» em 1846. Bizet adaptou-o para ópera 30 anos mais tarde. A partir daí, essa cigana, Carmen, correu o mundo e as suas cantorias tornaram-se celebérrimas, chegando ao ponto de serem utilizadas, há alguns anos, pela publicidade.
Mas o verdadeiro escândalo estava para chegar. Em 1954, Otto Preminger, realizador austríaco de feitio insuportável, licenciado em direito e em filosofia, à época a viver nos EUA, iria cometer o maior dos pecados, a ousadia mais celerada, o sacrilégio mais insuportável: filmar Carmen só com actores negros. Preminger criou uma verdadeira obra-prima, «Carmen Jones» de sua graça, e deu-nos a conhecer os magníficos Dorothy Dandridge e Harry Belafonte. Para além da mestria propriamente fílmica (nunca houve um trabalho com a grua como em Carmen Jones!), o filme está cheio de pormenores inteligentes e mesmo geniais. Apenas a título de exemplo: o toureiro Escamillo da ópera de Bizet é aqui o pugilista Husker Miller.
Como pano de fundo de Carmen Jones, através do tom operático dos seus cantos e dos movimentos dos seus corpos – vemos afinal, pela mão de Otto Preminger, a complexa realidade social dos negros nos EUA dos anos 50. Uma prova de como o realismo se insinua, emerge e vive através dos atalhos mais íngremes, sinuosos e insuspeitados.

Posted in Otto Preminger | Com as etiquetas : | Leave a Comment »