OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

Archive for the ‘Chão do Loureiro’ Category

BYE, BYE, CHÃO DO LOUREIRO

Posted by J. Vasco em 06/07/2010

Esta esplanada era um dos mais magníficos espaços da cidade de Lisboa. Ficava situada no topo do Mercado do Chão do Loureiro, por bandas da costa do Castelo. Amplo, arejado, com uma vista deslumbrante sobre a baixa, sobre o rio e sobre toda a margem sul (da Trafaria a Alcochete), ali se passavam, durante o verão, agradabilíssimos finais de tarde. O tempo podia ser vivido de uma maneira lenta e tranquila, apenas ao sabor da brisa cálida e das cores do pôr-do-sol. Entre um copo de vinho, um café ou um cigarro, as conversas arrastavam-se, as amizades e os amores firmavam-se, e os corpos distribuíam-se por cadeiras, sofás e espreguiçadeiras. 

Falo no passado porque este espaço, desde o ano transacto, acabou. Substituí-lo-á esta maravilha pós-moderna: um silo para automóveis distribuído pelos vários pisos do antigo mercado, e, no topo, no lugar da esplanada, um restaurante gourmet envidraçado. As dinâmicas do mercado e do valor, com o beneplácito assistido dos órgãos de poder, invadem tudo, chegando ao mais fundo do indivíduo: as suas formas de sentir, os seus gostos, as suas maneiras de se relacionar com os outros e de perspectivar a vida e a existência. 

Posted in Chão do Loureiro | Com as etiquetas : , | 1 Comment »