OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

O JORNALISMO ASSASSINO

Posted by * em 23/06/2013

Em Moura, está, desde terça-feira, uma professora em greve. Protesta contra as políticas de deseducação do implodidor Nuno Crápula. Arrisca a vida numa luta justa e digna. Os pseudo-jornalistas deste país escondem a notícia. Preferem fazer pseudo-entrevistas à bandidagem governante e distrair as atenções do povo com assuntos sem importância alguma, que sabem ser, na verdade, não-assuntos. Neste país não há praticamente verdadeiros jornalistas nos grandes meios de comunicação. Há paus-mandados, engraxadores e graxistas, há meninos de recados que, em entrevistas aos que estão a destruir o país, se limitam a fazer perguntas do tipo: “o que o senhor responderia aos que dizem isto e aquilo?”. Esses pseudo-jornalistas sabem o que fazem, porque quando estudaram, foi-lhe certamente ensinado que tipo de perguntas são perguntas de um não-jornalista e que tipo de perguntas faria um jornalista de verdade. Esses funcionários do governo e de tudo o que é explorador estão dispostos a tudo para cumprir o seu papel ideológico. Vê-se que estão dispostos até a deixar uma pessoa ficar com sequelas graves ou até morrer sem fazerem o mínimo que se esperaria de jornalistas, ou seja, que dessem a notícia antes que a tragédia aconteça. São coniventes e cúmplices em relação ao que possa acontecer. Mas esses pseudo-jornalistas não se preocupam, têm as costas e os bolsos quentes…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: