OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

INTELIGÊNCIAS ADMIRÁVEIS

Posted by * em 19/05/2012

1)  Há tempos, a inteligentíssima forma de protesto que certas cabecinhas pensadoras pretensamente progressistas encontraram para responder aos canalhas que tratam o povo como “piegas” foi … chamarem-se a si próprias de… “piegas”:

_ Tomem lá, vocês chamam-nos de piegas e, em resposta,… nós próprios chamamo-nos de piegas!! embrulhem!!!

2)   Em relação à sanha privatizadora que destrói os serviços públicos o que fazer? Lá temos nós de pedir conselhos às cabecinhas magicadoras: o mal, dizem elas, está no “peso excessivo” do estado e dos serviços públicos. Não, a questão não reside na necessidade de um maior controle (não diminuição, mas sim controle) do funcionamento dos serviços públicos, que se querem mais e melhores. Não, dizem as cabecinhas matutadoras, o problema está no “peso excessivo do Estado”, nos “gastos excessivos” com tudo aquilo que serve às populações (e claro, não falta quem diga que tudo o que serve às populações é excessivo). Vamos lá, todos, como forma de protesto, acabar com os serviços públicos? Vamos! Vamos todos acabar com “esse monstro”, dizem as espertas (mas não despertas) cabecinhas cogitantes. Pelo caminho ficamos, claro, sem saúde e educação, mas, pelo menos, protestámos e ficou o assunto protestado.

3)   Continuamente, e sem esmorecer, estas cabecinhas pensadoras não param de pensar… e voltam a carga com o envio massivo de mails em que proclamam que os problemas por que passa o povo não se devem à exploração da burguesia, não, nada disso, mas sim … à existência de políticos que seriam “todos iguais”. A estrema-direita exulta com estas ultra-inteligentes formas de protesto: “_ abaixo os políticos, são todos iguais, vamos mas é estabelecer um regime sem políticos, um regime corporativo à boa maneira salazarista!”, diria Salazar na sua tumba!

4)   Não contentes em candidamente fornecer tanto arsenal à extrema-direita, eis que as cabecinhas congeminadoras decidem agora enviar, aos milhares e milhares, mais um “mail de protesto”: contra as injustiças, dizem os mails, “SUSPENDO O MEU DIREITO DE VOTO”!

Bravo! nunca é de subestimar a capacidade de a burrice se superar a si própria! claro, contra a perda de direitos, nada melhor do que…  suspender os que restam! Assim é que se protesta, muito bem!

Claro que há quem, demonstrando uma tremenda inveja em relação à capacidade que têm estas cabecinhas pensadoras para protestar, se apresse a dizer que esses protestos, além de reaccionários, são demonstrações de burrice em estado praticamente 100% puro. Há quem diga que se suspensão de direitos conquistados fosse forma de protesto, a ditadura salazarista seria o que há de mais progressista, já que suspendeu direitos à imensa maioria da população. Há quem diga que esta é mais uma iniciativa muito parva… e que isto não vai lá com palermices e burrices!

Mas, indiferentes às críticas, e convictas do seu talento para propor originais e sagazes formas de protesto, as cabecinhas pensadoras pensam, pensam, pensam e, em breve, surpreenderão o mundo com formas ainda mais radicas e contundentes de protesto. Por exemplo, recusarmos os salários, cortarmos os próprios pulsos ou batermos com um martelo na própria cabeça!

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: