OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

Archive for Maio, 2012

OS VAMPIROS DO “BANCO ALIMENTAR”

Posted by * em 26/05/2012

Eis que os vampiros reaparecem. Têm muitas formas. Desta vez reaparecem com o ar cândido de voluntários do Banco Alimentar. A bem do aumento dos lucros dos supermercados, a bem da publicidade ao Millennium Bcp, eis que se esforçam em fazer os pobres (manipulando o seu desejo de ajudar outros pobres) gastarem mais nos supermercados.

Esses vampiros do Banco Alimentar dizem hipocritamente que querem ajudar os pobres, mas o que se vê é que fundamentalmente ajudam os ricos a ficarem mais ricos à custa dos pobres. Quanto aos pobres, os voluntários lá vão trabalhando afincadamente para desresponsabilizar o Estado, lá vão tentando transformar direitos em simples e humilhantes favores, sem nunca, mas nunca mesmo, fazerem-se a si próprios a óbvia pergunta que se impunha fazer, caso realmente quisessem fazer algo para acabar com a pobreza: “_ qual é, afinal, a causa da pobreza”?

Mas o que importa isso, não é verdade? Agir assim, com estas campanhas, dá mais jeito: dão mais lucros aos supermercados, publicitam bancos, desresponsabilizam o Estado… enquanto exprimem a milenarmente ineficaz e ultrajante caridadezinha, criam mais dependentes das igrejas e arranjam mais fanáticos para as suas hostes e, como se isto fosse pouco, ainda se imaginam a ganhar um lugar no paraíso! Nada mal, não é?

Anúncios

Posted in Banco Alimentar | Leave a Comment »

26 DE MAIO: CONSTRUIR UMA MURALHA DE AÇO CONTRA A TROIKA

Posted by J. Vasco em 20/05/2012

Posted in Acordai! | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

GLORIOSO SLB

Posted by J. Vasco em 20/05/2012

«Em jogo realizado a 11 de Março de 1975 – uma data emblemática do período (…) revolucionário – entre o Benfica e a CUF, no Estádio da Luz, António Simões foi vaiado pelos adeptos, benfiquistas incluídos, durante toda a primeira parte. É que pouco tempo antes Simões integrou as listas do CDS pelo círculo eleitoral de Setúbal, como candidato independente à Assembleia Constituinte. Acabou por não ser eleito. Apesar da enorme popularidade de que o extremo-esquerdo gozava no Benfica, (…) o clima foi de tal forma hostil que o treinador da altura, Pavic, foi obrigado a substituí-lo ao intervalo».

Bíblia do Benfica, Luís Miguel Pereira, p. 216.

Posted in Glorioso SLB | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

INTELIGÊNCIAS ADMIRÁVEIS

Posted by * em 19/05/2012

1)  Há tempos, a inteligentíssima forma de protesto que certas cabecinhas pensadoras pretensamente progressistas encontraram para responder aos canalhas que tratam o povo como “piegas” foi … chamarem-se a si próprias de… “piegas”:

_ Tomem lá, vocês chamam-nos de piegas e, em resposta,… nós próprios chamamo-nos de piegas!! embrulhem!!!

2)   Em relação à sanha privatizadora que destrói os serviços públicos o que fazer? Lá temos nós de pedir conselhos às cabecinhas magicadoras: o mal, dizem elas, está no “peso excessivo” do estado e dos serviços públicos. Não, a questão não reside na necessidade de um maior controle (não diminuição, mas sim controle) do funcionamento dos serviços públicos, que se querem mais e melhores. Não, dizem as cabecinhas matutadoras, o problema está no “peso excessivo do Estado”, nos “gastos excessivos” com tudo aquilo que serve às populações (e claro, não falta quem diga que tudo o que serve às populações é excessivo). Vamos lá, todos, como forma de protesto, acabar com os serviços públicos? Vamos! Vamos todos acabar com “esse monstro”, dizem as espertas (mas não despertas) cabecinhas cogitantes. Pelo caminho ficamos, claro, sem saúde e educação, mas, pelo menos, protestámos e ficou o assunto protestado.

3)   Continuamente, e sem esmorecer, estas cabecinhas pensadoras não param de pensar… e voltam a carga com o envio massivo de mails em que proclamam que os problemas por que passa o povo não se devem à exploração da burguesia, não, nada disso, mas sim … à existência de políticos que seriam “todos iguais”. A estrema-direita exulta com estas ultra-inteligentes formas de protesto: “_ abaixo os políticos, são todos iguais, vamos mas é estabelecer um regime sem políticos, um regime corporativo à boa maneira salazarista!”, diria Salazar na sua tumba!

4)   Não contentes em candidamente fornecer tanto arsenal à extrema-direita, eis que as cabecinhas congeminadoras decidem agora enviar, aos milhares e milhares, mais um “mail de protesto”: contra as injustiças, dizem os mails, “SUSPENDO O MEU DIREITO DE VOTO”!

Bravo! nunca é de subestimar a capacidade de a burrice se superar a si própria! claro, contra a perda de direitos, nada melhor do que…  suspender os que restam! Assim é que se protesta, muito bem!

Claro que há quem, demonstrando uma tremenda inveja em relação à capacidade que têm estas cabecinhas pensadoras para protestar, se apresse a dizer que esses protestos, além de reaccionários, são demonstrações de burrice em estado praticamente 100% puro. Há quem diga que se suspensão de direitos conquistados fosse forma de protesto, a ditadura salazarista seria o que há de mais progressista, já que suspendeu direitos à imensa maioria da população. Há quem diga que esta é mais uma iniciativa muito parva… e que isto não vai lá com palermices e burrices!

Mas, indiferentes às críticas, e convictas do seu talento para propor originais e sagazes formas de protesto, as cabecinhas pensadoras pensam, pensam, pensam e, em breve, surpreenderão o mundo com formas ainda mais radicas e contundentes de protesto. Por exemplo, recusarmos os salários, cortarmos os próprios pulsos ou batermos com um martelo na própria cabeça!

 

Posted in * | Leave a Comment »

DEVE SER ESTA A ESQUERDA LIVRE, NÃO?

Posted by qmiguel em 17/05/2012

Posto de comando do novo “movimento de libertação”

Militantes da “Esquerda Nacional” aguardando libertação, Técnica Mista, 2012.

Depois deste momento de variedades vou regressar à minha cela, enquanto não tiver tempo para ir beber café à Praça das Flores ou oportunidade para entregar em tributo um mandato de deputado europeu ao Cohn-Bendit tem de ser assim. Paciência…

Posted in "Efeito Soares", * QUASE SEM COMENTÁRIOS, humor | Leave a Comment »

O AMOR VERDADEIRO

Posted by * em 17/05/2012

No que diz respeito à sociedade,

sim, assumimos a luta!

Lutamos!

Não, não falamos de paz entre exploradores e explorados.

Lutamos contra a exploração!

E é por amor que lutamos!

Perante a exploração, não lutar é não amar.

Não há amor abstracto, o nosso amor é real e tecido também de e na luta

pois esta luta é o verdadeiro e concreto modo de amarmos e sermos realmente solidários!

Posted in * | Leave a Comment »

“ESQUERDA RADICAL”???

Posted by * em 07/05/2012

                  A burguesia assusta-se com pouco, angustia-se até com críticas moderadas. Na Grécia, o Syriza, que, com mais de 16% dos votos, conquistou o lugar de segunda força política, é apresentada como a “Esquerda Radical” por todos os meios de comunicação burgueses. Na verdade, esta é mais uma das mentiras diárias desta sociedade da “liberdade de imprensa”. “Esquerda radical” é apenas o nome que esta esquerda moderada (pouco mais à esquerda que os “renovadores” saídos do PCP e com algumas similitudes com o Bloco de Esquerda de Portugal) escolheu para o seu partido. Syriza, é a abreviação de “Συνασπισμός της Ριζοσπαστικής Αριστεράς”, “Coligação da Esquerda Radical”. Esta é, na verdade, uma coligação até bastante comedida, é uma coligação que o capitalismo procurará domesticar mais e mais. Esta coligação, que pode ser melhor caracterizada como sendo da ala mais à esquerda da social-democracia, foi buscar muita coisa ao euro-comunismo e nem sequer tem posições suficientemente consequentes no que diz respeito à crítica à União Europeia, ao assumir do marxismo e a respeito do necessário derrube do capitalismo e passagem revolucionária ao socialismo orientado para o comunismo. Comparem-se as posições dulcificadas desta coligação com as bastante mais consequentes posições comunistas e ver-se-á o quanto moderadozinha é esta “Esquerda Radical”. Mas pronto, para a imprensa burguesa, quando convém, os nomes dizem tudo e nem é preciso compreender os fenómenos. No entanto, nós, comunistas, não nos contentamos com isto. Para nós, há que compreender o que as coisas realmente são. Só esta compreensão verdadeira permite ver como a realidade pode ser transformada.

Posted in Grécia | Leave a Comment »