OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

A VULGARIDADE DA VULGARIDADE (OU O SUBNEOLIBERALISMO)

Posted by * em 17/10/2011

Se o neoliberalismo era já uma corrente teórica que dificilmente merecia o nome de teórica, uma vez que não se preocupava minimamente com a apreensão teórica da essência dos processos que pretensamente abordava, a corrente dos seguidores serôdios do neoliberalismo (entre os quais se inclui o imaturo e pouco inteligente primeiro-ministro, eterno rapazola jota-laranjinha, carreirista contumaz e carteirista ocasional, e o yes-man mister Bean que dá pela designação de “ministro das finanças”, robot fiel e acrítico de tudo o que seja organização financeira do capital internacional), dizíamos, esta corrente dos seguidores serôdios (embora imaturos) de uma corrente que já em si é superficial e pouco ou nada dada a reflexões teóricas, é, nada mais nada menos, do que a vulgaridade da vulgaridade, ou algo apenas classificável entre os dejectos teóricos e o lixo irreciclável. Colocar o destino de um povo inteiro nas patas de tais cipaios é das maiores loucuras de que é capaz o ser humano.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: