OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

OS PERCALÇOS DA DEMAGOGIA

Posted by * em 31/07/2011

           Hoje, na TVI, dois vistosos demagogos tomaram conta do ecrã (separados apenas por um serviçal, jornalista de nome JM, que quase se baba por estar ladeado de tão elevada companhia): Marcelo Rebelo de Sousa, o gelatina político, fez de conta que questionava Nuno Crato, implodidor-mor do reino, acerca das medidas na Educação. Ia o gelatina fazendo, alegremente, perguntas combinadas e o implodidor ia dando as mesmas e combinadas respostas que já antes tinha dado em entrevistas que-o-primeiro-já-conhecia-assim-como-conhecia-as-respostas-que-o-segundo-repetiria-quando-as-mesmas-perguntas-fossem-feitas e… corria tudo de feição em mais uma operação de marketing político. Mas eis que, depois de perguntar acerca das permanência das cotas na avaliação de professores e de receber a mesmíssima resposta (“é uma regulamentação geral”, “inevitável para que não haja só excelentes”), o gelatina pôs-se a improvisar e saiu com uma bacorada que dizia mais ou menos algo do tipo: “pois, se fosse assim com os estudantes, também só haveria excelentes“, ao que o ministro, mesmo compreendendo a pouca inteligência da afirmação, anuiu (demagogo que é demagogo está sempre disposto a anuir). Mas… mas… perguntamos agora nós…aqui não está a falhar nada? Não há cotas de excelentes e bons atribuídos aos alunos!!! E não fez nem faz nenhuma falta para se poder distinguir os alunos! Imaginem que, agora, o ministério decretasse que haveria um máximo de um excelente para cada quinze alunos.  Só essa medida seria capaz de “impedir que nas turmas todos tivessem excelente”? Ou seja, de acordo com a lógica Marcelistocratense, como actualmente não há cotas na avaliação dos alunos, estes devem andar há anos (todos os alunos de todas as turmas do país)  a ostentar, orgulhosamente, os seus 20 valores a todas as disciplinas. Outra questão: será que uma medida dessas (estabelecer cotas para a nota de excelente atribuídas aos alunos) seria uma medida imprescindível para aumentar a motivação e o empenho dos alunos? Absurdo total, não é? Pois, este absurdo vai ser implementado, em relação aos professores, numa escola perto de si.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: