OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

Archive for 23 de Novembro, 2010

«VAI SER UMA GRANDE LUTA»

Posted by J. Vasco em 23/11/2010

A entrevista de hoje, véspera da greve geral, é com José Reizinho, coordenador da comissão de trabalhadores da CP. Oferecemos aos nossos leitores mais um retrato de uma grande empresa de transportes, desta feita de dimensão nacional. Apresentando especificidades, não deixa no entanto de ser atravessada pelos efeitos nefastos da agressiva política de recuperação capitalista que atinge todos os sectores de actividade.

José Reizinho demonstra uma consciência aguda da necessidade de aprofundar os laços de classe entre os trabalhadores. As lutas futuras, duras e prolongadas, assim o exigem. 

  

OLHE QUE NÃO – No quadro geral do agravamento das condições de vida dos trabalhadores portugueses, qual é a situação particular da CP?

JOSÉ REIZINHO – Na minha perspectiva, para caracterizar a situação actual da CP é necessário recuar alguns anos e apreender a política de privatização gradual da empresa que tem vindo a ser seguida.

OLHE QUE NÃO – Essa política de privatização agravou-se recentemente?

JOSÉ REIZINHO – Sim, sim. A pretexto da crise financeira deram-se decisivos passos em direcção à privatização do transporte ferroviário. Invocando sempre «a crise» e «as dificuldades económicas», criaram-se condições a vários níveis para essa privatização.

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Posted in Greve Geral | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

AVISO AO TELESPECTADOR DESPREVENIDO

Posted by J. Vasco em 23/11/2010

Não há um dia do ano em que as coisas não se passem assim. A perspectiva que move os órgãos de comunicação social é sempre igual: zombar do povo, rebaixá-lo, vergá-lo, dobrar-lhe a cerviz. Para isso, omitem as suas lutas, obnubilam-lhe o horizonte, desprezam-no e sufocam-no.

Só não é assim, quando o dia é de greve, quando os trabalhadores, unidos, mostram a sua força e cortam a respiração aos seus exploradores. Aí, repentinamente, tornam-se muito amigos «das pessoas»; preocupam-se ciosamente com «os cidadãos»; desdobram-se em mil cuidados com «os transtornos»  do «contribuinte» nas deslocações para o emprego e com as chatices provocadas pelas consultas desmarcadas. E então correm, em chusma, de microfone nas mãos e de câmaras aos ombros. Correm para os sítios que desprezam nos outros dias todos que não são de greve: o terminal do autocarro, a gare do comboio e do metro, a estação fluvial, a sala de espera do centro de saúde e do hospital público. E fingem que se interessam, e que apoiam, e que oferecem um ombro amigo, e que compreendem. E escondem quem são. E estimulam e acarinham a canalhice, e a falta de princípios, e o individualismo, e a resignação, e a traição. E de seguida, em directo, dão-nos a ver todo este belo cenário que eles próprios produziram, dirigiram e montaram.

Posted in Greve Geral | Leave a Comment »

OUSADOS NO PENSAMENTO E NA ACÇÃO

Posted by J. Vasco em 23/11/2010

«Pela ocasião da greve geral de 24 de Novembro em Portugal, desejo-vos, de todo o coração, que tenham um enorme sucesso, que seja o início de um nível novo de uma luta de classes decisiva no vosso país. A crise global do capitalismo, a miséria e o sofrimento de milhões de trabalhadores exigem que nos transcendamos a nós mesmos para nos tornarmos ousados no pensamento e na acção.

Envio aos camaradas em Portugal, ao povo em luta pelo mais nobre objectivo na história, em luta pela libertação do trabalho assalariado, pelo comunismo, os meus calorosos cumprimentos.».

Periklis Pavlidis

* O Olhe Que Não tem o privilégio de ter entrevistado Periklis Pavlidis, professor universitário grego, nas vésperas da greve geral de amanhã. A entrevista dá-nos conta da aguda luta de classes em curso na Grécia desde há um ano. Pela extensão da entrevista, publicá-la-emos em vários módulos ao longo da próxima semana. O excerto acima transcrito corresponde às palavras finais que Periklis Pavlidis entendeu dirigir-nos.

Posted in Grécia, Greve Geral, Periklis Pavlidis | Com as etiquetas : , , , | 1 Comment »