OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

Archive for Novembro, 2010

ONDE É QUE ESTAVAS NO 24 DE ABRIL?

Posted by J. Vasco em 30/11/2010

«INTEGRADO NO REGIME POLÍTICO»

São muitos os calhordas, como o da fotografia, que se auto-intitulam hoje «democratas». Não dizem uma frase sem nos encherem os ouvidos com a palavrinha «democracia». É bom, no entanto, que os mais distraídos se lembrem de que o derrube do fascismo e a conquista da liberdade em Portugal não foram uma descontraída e relaxada sessão de jogging, participada por todos os «cidadãos», mas antes uma longa e dura batalha de resistência chefiada pelos comunistas, cheia de provações e sacrifícios, que durou 48 anos. Fundamentalmente, é bom que se recordem de que muitos desses calhordas, o da fotografia incluído, auto-intitulando-se hoje (hoje, quando isso é fácil) «democratas», nada fizeram pela democracia que tanto dizem amar quando os tempos eram outros, quando esse amor à democracia era provado na cela e confirmado na morgue, era testado com o bastão e com a espada no latifúndio e na fábrica, era verificado e posto à prova pela ciência do torturador profissional de serviço, era medido pelo gorila na universidade. Que faziam então esses heróis do nosso tempo, «democratazinhos» impolutos? Alguns deles tratavam da vidinha e da carreira («cada um por si», não é verdade?), andavam à cata de migalhinhas do regime, e tentavam entender-se com ele (e acabavam mesmo por entender-se); outros, eram abertos defensores do estado fascista, da repressão feroz sobre a classe operária, da exploração impiedosa das «colónias», da pertença de Portugal à NATO, enquanto seu membro fundador e enquanto parte activa da guerra «fria» contra o «império do mal». Qualquer destes heróis podia, por isso mesmo, com orgulho e com legitimidade afirmar: «estou integrado no actual regime político».

Anúncios

Posted in Génio da banalidade | Com as etiquetas : | 4 Comments »

POR ONDE VAI O PSD

Posted by * em 28/11/2010

É natural que, tendo sido ocupado (pelo PS) o espaço político antes detido pelo PSD, este último emigre para outros locais… parece que a emigração actual deste partido (tão pouco mentiroso que, sendo profundamente anti-socialdemocrata, se intitule “Partido Social Democrata”) seja no sentido de se tornar uma mera representação política  estrangeira com actividade em Portugal…

Posted in PP Coelho | 1 Comment »

NOS PIQUETES

Posted by J. Vasco em 24/11/2010

CTT, CABO RUIVO, MADRUGADA DE DIA 24 DE NOVEMBRO

Os piquetes de greve são elementos fundamentais da luta dos trabalhadores contra a repressão e contra os boicotes dos amarelos. São escolas de resistência e de organização. Terão nas lutas futuras um papel cada vez mais decisivo. E, senhores burgueses e respectivos lacaios (fardados ou não), podeis tremer: os piquetes alargar-se-ão amplamente, multiplicar-se-ão, consolidar-se-ão e fortalecer-se-ão. Até à vitória final.

Posted in Greve Geral | Com as etiquetas : | 3 Comments »

GRATIDÃO

Posted by * em 24/11/2010

Os autores do blog prestam homenagem, neste início de Greve Geral, a estes heróis do povo trabalhador, os sindicalistas combativos que, com indescritível dedicação e à custa de enormes esforços e sacrifícios, lutam diariamente contra a exploração, contra a burguesia, suportando corajosamente os ataques, as perseguições e as calúnias demagógicas dos defensores da exploração. Nós sabemos quem odeia os sindicatos e as razões por que os odeiam. Mas também sabemos quem os respeita e quem percebe que os sindicatos são a força colectiva dos trabalhadores. A nossa sincera gratidão aos sindicalistas combativos, estas pessoas que se transcendem quotidianamente, que roçam o que de mais humano o ser humano tem.

Posted in Greve Geral, Sindicatos | Com as etiquetas : | 3 Comments »

«VAI SER UMA GRANDE LUTA»

Posted by J. Vasco em 23/11/2010

A entrevista de hoje, véspera da greve geral, é com José Reizinho, coordenador da comissão de trabalhadores da CP. Oferecemos aos nossos leitores mais um retrato de uma grande empresa de transportes, desta feita de dimensão nacional. Apresentando especificidades, não deixa no entanto de ser atravessada pelos efeitos nefastos da agressiva política de recuperação capitalista que atinge todos os sectores de actividade.

José Reizinho demonstra uma consciência aguda da necessidade de aprofundar os laços de classe entre os trabalhadores. As lutas futuras, duras e prolongadas, assim o exigem. 

  

OLHE QUE NÃO – No quadro geral do agravamento das condições de vida dos trabalhadores portugueses, qual é a situação particular da CP?

JOSÉ REIZINHO – Na minha perspectiva, para caracterizar a situação actual da CP é necessário recuar alguns anos e apreender a política de privatização gradual da empresa que tem vindo a ser seguida.

OLHE QUE NÃO – Essa política de privatização agravou-se recentemente?

JOSÉ REIZINHO – Sim, sim. A pretexto da crise financeira deram-se decisivos passos em direcção à privatização do transporte ferroviário. Invocando sempre «a crise» e «as dificuldades económicas», criaram-se condições a vários níveis para essa privatização.

Leia o resto deste artigo »

Posted in Greve Geral | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

AVISO AO TELESPECTADOR DESPREVENIDO

Posted by J. Vasco em 23/11/2010

Não há um dia do ano em que as coisas não se passem assim. A perspectiva que move os órgãos de comunicação social é sempre igual: zombar do povo, rebaixá-lo, vergá-lo, dobrar-lhe a cerviz. Para isso, omitem as suas lutas, obnubilam-lhe o horizonte, desprezam-no e sufocam-no.

Só não é assim, quando o dia é de greve, quando os trabalhadores, unidos, mostram a sua força e cortam a respiração aos seus exploradores. Aí, repentinamente, tornam-se muito amigos «das pessoas»; preocupam-se ciosamente com «os cidadãos»; desdobram-se em mil cuidados com «os transtornos»  do «contribuinte» nas deslocações para o emprego e com as chatices provocadas pelas consultas desmarcadas. E então correm, em chusma, de microfone nas mãos e de câmaras aos ombros. Correm para os sítios que desprezam nos outros dias todos que não são de greve: o terminal do autocarro, a gare do comboio e do metro, a estação fluvial, a sala de espera do centro de saúde e do hospital público. E fingem que se interessam, e que apoiam, e que oferecem um ombro amigo, e que compreendem. E escondem quem são. E estimulam e acarinham a canalhice, e a falta de princípios, e o individualismo, e a resignação, e a traição. E de seguida, em directo, dão-nos a ver todo este belo cenário que eles próprios produziram, dirigiram e montaram.

Posted in Greve Geral | Leave a Comment »

OUSADOS NO PENSAMENTO E NA ACÇÃO

Posted by J. Vasco em 23/11/2010

«Pela ocasião da greve geral de 24 de Novembro em Portugal, desejo-vos, de todo o coração, que tenham um enorme sucesso, que seja o início de um nível novo de uma luta de classes decisiva no vosso país. A crise global do capitalismo, a miséria e o sofrimento de milhões de trabalhadores exigem que nos transcendamos a nós mesmos para nos tornarmos ousados no pensamento e na acção.

Envio aos camaradas em Portugal, ao povo em luta pelo mais nobre objectivo na história, em luta pela libertação do trabalho assalariado, pelo comunismo, os meus calorosos cumprimentos.».

Periklis Pavlidis

* O Olhe Que Não tem o privilégio de ter entrevistado Periklis Pavlidis, professor universitário grego, nas vésperas da greve geral de amanhã. A entrevista dá-nos conta da aguda luta de classes em curso na Grécia desde há um ano. Pela extensão da entrevista, publicá-la-emos em vários módulos ao longo da próxima semana. O excerto acima transcrito corresponde às palavras finais que Periklis Pavlidis entendeu dirigir-nos.

Posted in Grécia, Greve Geral, Periklis Pavlidis | Com as etiquetas : , , , | 1 Comment »

A GREVE GERAL EM MARCHA (IV)

Posted by J. Vasco em 22/11/2010

LISBOA, CASTELO DE S. JORGE, 22 DE NOVEMBRO DE 2010

Posted in Greve Geral | Com as etiquetas : | 2 Comments »

NOJO!

Posted by * em 21/11/2010

Vi o telejornal em vários canais. Também na TVI. Os trabalhadores portugueses conscientes  certamente sentirão o mesmo, todas as semanas, após ouvirem o gelatina dar os seus velhos conselhos de serpente manhosa e maldosa com aquele ar de menino de coro, pessoa bem, amigo porreiro: sentirão um imenso nojo, um nojo que se prolonga no tempo! Desta vez, recorreu às falácias do espantalho, da falsa dicotomia, da derrapagem, etc, que de falácias entende bem o homem (consciente de que está a usar argumentos falaciosos estudados e decorados). Mais uma vez, como sempre, fez uso das armas retóricas que conhece para tentar desacreditar a luta dos trabalhadores, recorreu a tudo o que pudesse ser usado para defender os exploradores. Neste mundo, essa figura vai mesmo longe…

Pena que o ardiloso gelatina consiga encantar tantos e tantas, pena que muitos não percebam como ele trabalha… pena que tantos sejam levados ainda pela sua argumentação barata de advogado matreiro, falaz, enganador, velhaco. Pena… pois quem sofre mais são os crentes,  os que se deixam levar, os que batem palmas.

Posted in FIGURAS | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

«UM GANHO PRECIOSO NA CONSCIÊNCIA DE CLASSE DOS TRABALHADORES DA CARRIS E NA SUA CAPACIDADE DE MOBILIZAÇÃO PARA AS LUTAS FUTURAS»

Posted by J. Vasco em 20/11/2010

Manuel Leal é membro do Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos de Portugal (STRUP), da Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (FECTRANS), ambas estruturas filiadas na CGTP, e responsável pela acção sindical na Carris, mais uma das grandes empresas de transporte urbano da área metropolitana de Lisboa.

A entrevista que concedeu ao Olhe Que Não, em vésperas da greve geral de dia 24 de Novembro, prima pela clareza e pelo profundo conhecimento de que dá mostras da realidade da vida laboral na Carris. Vale a pena acompanhar as suas análises, assim como, a partir da experiência recente na Carris, é imperioso atentar seriamente na importância que Manuel Leal atribui à elevação da consciência política e de classe dos trabalhadores: «este nível de consciência que os trabalhadores ganharam parece-nos ser um ganho enorme em termos do presente e em termos do futuro»

OLHE QUE NÃO – Para o dia 24 de Novembro está marcada uma greve geral. Face à situação da Carris, quais são os motivos desta greve na empresa? Como se posiciona o STRUP em relação a ela?

MANUEL LEAL – Antes de mais, penso que vale a pena referir que o desencadear da actual ofensiva contra os trabalhadores a nível nacional, e por tabela contra os trabalhadores da Carris, veio confirmar as posições sucessivas de denúncia, feitas por nós ao longo dos anos, da acção dos sindicatos da UGT,  secundados pelos chamados sindicatos independentes.

Leia o resto deste artigo »

Posted in Greve Geral | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

RESPOSTA À CIMEIRA DA GUERRA IMPERIALISTA

Posted by J. Vasco em 20/11/2010

Posted in * | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

«OS TRABALHADORES ESTÃO UNIDOS E DISPONÍVEIS PARA A LUTA»

Posted by J. Vasco em 18/11/2010

O Olhe Que Não dá hoje início a uma série de entrevistas com dirigentes sindicais e membros de comissões de trabalhadores, que se encontram, neste momento, em intensa fase de preparação da greve geral do próximo dia 24 de Novembro. Para além da participação dos editores do blog, enquanto trabalhadores, na greve, decidiram eles contribuir também para o sucesso dessa grande luta dando voz aos seus mais destacados construtores, que, de resto, sentem e vivem no dia a dia o pulsar real do movimento.

Para conhecermos de mais perto as dinâmicas que o atravessam e que o estruturam, ficamos de seguida com as palavras e as reflexões de Jorge Alves, elemento da comissão de trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, como se sabe uma das mais importantes empresas de transportes da malha urbana e suburbana de Lisboa.

 

OLHE QUE NÃO – No âmbito da presente ofensiva geral contra os trabalhadores, plasmada nas várias versões do PEC e na aprovação do OE para 2011, de que forma são e serão afectados especificamente os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa?

JORGE ALVES – Os trabalhadores da nossa empresa, tal como de todas as outras do sector empresarial do estado, sofrem um impacto financeiro muito pesado, quer nos salários, quer nos subsídios de refeição, quer nos abonos de trabalho nocturno. Isto para além do que acontece a todos os outros trabalhadores com o aumento do IVA, da inflação e do IRS.

Dos cortes directos no vencimento e nos subsídios, estimamos que em média os trabalhadores da nossa empresa são roubados em mais de 18%.

Quanto a uma outra importante questão, temos vindo a alertar para que, do ponto de vista dos princípios, esta medida é uma clara violação do direito à livre negociação e à autonomia de cada empresa. Note-se que o salário que temos hoje não foi tirado a ninguém, resulta de uma negociação em que a empresa e os sindicatos acordaram que para um conjunto de tarefas e responsabilidades que os trabalhadores têm merecem em contrapartida uma remuneração determinada, que agora unilateralmente querem alterar.

Reparemos que nos tiram no salário, mas mantêm todas as tarefas e responsabilidades que temos.

Leia o resto deste artigo »

Posted in Greve Geral | Com as etiquetas : , | 1 Comment »

A GREVE GERAL EM MARCHA (III)

Posted by J. Vasco em 18/11/2010

AMADORA, 18 DE NOVEMBRO DE 2010

Posted in Greve Geral | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

A GREVE GERAL EM MARCHA (II)

Posted by J. Vasco em 18/11/2010

Posted in Greve Geral | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

A GREVE GERAL EM MARCHA

Posted by J. Vasco em 12/11/2010

LISBOA, 12 DE NOVEMBRO DE 2010

aqui

Posted in Greve Geral | Com as etiquetas : | 1 Comment »

93 ANOS DA REVOLUÇÃO DE OUTUBRO (III)

Posted by J. Vasco em 07/11/2010

«O século XX não foi o século do “fim do comunismo” (…), mas sim o século do “princípio do comunismo” como concretização e edificação de uma nova sociedade para o bem do ser humano».

 

Álvaro Cunhal, O Comunismo Hoje e Amanhã, Maio de 1993

Posted in Álvaro Cunhal, Charlie Chaplin, Revolução de Outubro | Com as etiquetas : | 1 Comment »

93 ANOS DA REVOLUÇÃO DE OUTUBRO (II)

Posted by J. Vasco em 07/11/2010

Reds, Realização de Warren Beaty, 1981

Posted in Revolução de Outubro, Warren Beaty | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

93 ANOS DA REVOLUÇÃO DE OUTUBRO

Posted by J. Vasco em 07/11/2010

QUE É O PODER SOVIÉTICO? (clique aqui para ouvir)

Qual é a essência deste novo poder, que nalguns países ainda não foi, ou ainda não pôde ser,  compreendido? Leia o resto deste artigo »

Posted in Revolução de Outubro | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

LÉNINE E A PAZ

Posted by J. Vasco em 05/11/2010

 

A associação Iúri Gagárin organiza uma tertúlia-debate, no ano do 140.º aniversário do nascimento de Lénine, que decorrerá no dia 11 de Novembro de 2010, entre as 17h30 e as 20h00, nas instalações da Biblioteca-Museu  República e Resistência.

Eduardo Chitas será o moderador da sessão, e lançará o mote da discussão com uma intervenção intitulada «A obra de Lénine e a luta pela paz». Seguir-se-ão as comunicações de Armando Myre Dores e de Gustavo Carneiro.

O debate ficará aberto. Apareça e participe.

             

Posted in * | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »