OLHE QUE NÃO

olhequenao.wordpress.com

PTVI E A LAMA EM QUE OS PORCOS VIVEM

Posted by * em 27/04/2010

Toda a celeuma que rodeia o negócio PT-TVI é de uma má-fé  e estupidez inauditas. Que importância tem o facto de uma empresa ter tentado comprar um canal privado? que importância tem o facto de que o governo tenha ou não tido conhecimento do assunto ou que tenha mentido acerca desse conhecimento? Que importância tem o facto de que o governo tenha tentado influenciar o processo? Que importância tem o facto de que um governo burguês tenha tentado controlar um canal que, mesmo sem ser do governo, já pertence aos donos do governo, ou seja à burguesia? Toda esta história de falsa virgem ofendida é um faits-divers absurdo, como se o tal canal, ao não pertencer ao governo, tivesse realmente algo de independente. Esta história toda só persegue os seguintes objectivos:


1) Servir de arma de arremesso político entre fracções da burguesia (no processo de luta de uns reaccionários contra outros reaccionários, ou seja, na luta que o PSD e o PP travam para poder ocupar o poleiro hoje ocupado pelo PS);

2) Reforçar a falsa e reaccionária ideia de que haveria órgãos de imprensa independentes dos poderes económico e político.

3) Desviar as atenções dos trabalhadores daquilo que é realmente importante, ou seja, da luta contra a exploração.

Qualquer um destes objectivos, toda esta lama na qual e com a qual a burguesia se deleita, não merece mais do que o desprezo dos trabalhadores, de todo e qualquer trabalhador minimamente consciente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: